sexta-feira, 17 de março de 2017

A sociedade é vitima de sua própria arrogância?

Todos os dias são enterrados vitimas da violência, diante de todos esses acontecimentos podemos afirmar que a segurança publica brasileira esta deixando a desejar "há" muito tempo.
A sociedade brasileira tornou-se uma bagunça, o brasileiro vive consternado diante do terror social, nossos policiais buscam amenizar trazendo uma sensação de segurança, sempre a justiça seguindo “regras” constituídas, acabam por desfazer todo o trabalho da policia.
Nossas instituições estão enfraquecidas, culpa das loucuras políticas e ideologias de destrói o racional e a lógica e prevalece à impunidade, nossas leis foram detalhadas, facilitando a disseminação de apologias e da irracionalidade humana.
O ser humano tende a libertar seus “impulsos reprimidos” e encontram grupos que os apoiam e os incentivam a expor seus desejos promiscuo recheado de bestialidade, nem a lei de Deus e piorou as leis dos homens não os intimidam.
A família esta sendo subvertida há décadas de forma lenta e gradual, estamos na máxima da imoral e da inversão de valores, atos que acabaram dissimulando e destruindo a vida de milhares de jovens pelo Brasil.
Criaram a ideia de que bandido é vitima da sociedade, quem alimenta essa falácia esta contribuindo com o avanço da criminalidade na sociedade, precisamos de idéias solidas e políticas afirmativas, que ocasione a paz entre as pessoas e não o ódio como vêem ocorrendo na sociedade brasileira.
Partindo desta premissa, a discrição cognitiva de pessoas que não possuem narrativa contundente, provavelmente esta em estagio avançado de alienação, se apegam em teorias dissimuladas e não percebem os danos sociais causadas por "tais" teorias.
Em afirmação: Bertolt Brecht “Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso”.
Quantas vezes ouvimos falar que “uma mentira contada varias vezes acaba saindo por verdade”, estamos vivendo em um período que grupos políticos estão simplesmente disseminando falácias com frases de efeitos para tentar desestabilizar toda a nossa sociedade com o intuito modelar com o preenchimento dissimulado do ego e corrompido com arrogância e o ódio entre as classes.
Fazendo uma analogia do principio do existencialismo, seguindo o contexto do pensamento filosófico de Sartre. "o homem nada mais é do que aquilo que ele faz de si mesmo".
Quando estudamos com dedicação e seriedade, nós adquirimos a liberdade e ganhamos a nossa própria autonomia, sendo assim decidiremos os nossos próprios destinos.
O Brasileiro precisa se distanciar de um Estado paternal e ter consciência politica, o culto a personalidade politica esta deixando o nosso país doente e alienado.
Com a personificação do poder de alguns lideres "faz-se" com que a nossa democracia seja fragilizada, abrindo espaço para ascensão dos endeusados lacaios.
Por Lauro Leandro

Sem comentários:

Enviar um comentário