quinta-feira, 17 de novembro de 2016

UNA: TCM APROVA CONTAS DA PREFEITA DIANE

dia 


O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) aprovou nesta quinta-feira as contas da Prefeitura Municipal de Una, sob a gestão da atual prefeita Diane Rusciolelli (PT), referente ao exercício financeiro de 2015.
Diane Rusciolelli não conseguiu ser reeleita, mas depois da eleição continuou as obras que estavam em andamento na cidade e lançou mais obras, o objetivo é inaugurar várias obras no mês de dezembro e pagar os salários de todos os funcionários e servidores:
“Vou deixar o município bem melhor do que encontrei. O município está com o nome limpo no CAUC (Cadastro único de convênios), tive bastante trabalho para conseguir isso, espero que o próximo governo faça o mesmo”, declarou a prefeita.
fonte:politicosdosuldabahia

domingo, 13 de novembro de 2016

O seu futuro começa aqui! UNICRESCER - "A FACULDADE DAS PROFISSÕES", Faculdade Faveni, Residencial Educação e CIRCUITO ESCOLA TÉCNICA



Cansados de tanto falatório, ou seja, palavras, apenas belas palavras, sem ação transformadora, surgem um grupo de pessoas com um ideal prático; uma vontade de mudar as vidas das pessoas por meio da educação, surge a REDE DE ENSINO RESIDENCIAL EDUCAÇÃO, EM PARCERIA COM AS MELHORES INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO BRASIL, com o objetivo de sempre ofertar o melhor em educação aos seus alunos.
Se ainda não é um de nossos alunos, passe em um de nossos polos mais próximo de você, e confira a maior variedade de cursos Profissionalizantes e Técnicos da Região.
O seu futuro começa aqui!
UNICRESCER - "A FACULDADE DAS PROFISSÕES"
Faculdade Faveni
Residencial Educação
CIRCUITO ESCOLA TÉCNICA
http://www.unicrescer.com/en/unidades/una-ba.html

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Atenção comunidade Unense


Atenção comunidade, a faculdade FAVENI em parceria com a escola residência saúde instituições devidamente credenciadas e reconhecidas pelo MEC.
Informam que se encontram em aberto, as matrículas para os cursos técnicos nas áreas de: Saúde, construção civil, meio ambiente, estética, administração, segurança no trabalho é logística. Informamos também que disponibilizaremos cursinho preparatório para o Enem e concursos público, aulas de reforço para alunos do 3 ao 8 ano do ensino fundamental.
O polo da faculdade fica localizado em frente ao novo terminal rodoviário de Una.
Venham e faça-nos uma visita.
Faculdade FAVENI - O seu futuro começa aqui.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

SPU DETERMINA A DEMOLIÇÃO DE CABANAS DE PRAIA EM ILHÉUS


imagem: Mestra Vania - Ilhéus

A Superintendência de Patrimônio da União notificou, nesta quarta-feira (2), os donos de barracas de praia localizadas no litoral Sul de Ilhéus, para que elas sejam demolidas. A alegação é de que as cabanas foram instaladas em locais inapropriados, em área de uso comum do povo, e não poderão permanecer na extensão litorânea, pois causam prejuízos ao meio ambiente.
Além de determinar a derrubada das barracas num prazo de 30 dias a partir do recebimento da notificação, a Superintendência mencionou em sua notificação, duplicar a multa em caso de descumprimento.
Cerca de 500 pessoas trabalham atualmente nas cabanas das praias do sul. É uma das áreas mais frequentadas por turistas em Ilhéus. As cabanas movimentam o comércio e geram emprego. Os proprietários estão preocupados com os prejuízos.
fonte:pimenta

BAHIA: VEJA O VALOR QUE CADA MUNICÍPIO VAI RECEBER DE RECURSOS DA REPATRIAÇÃO


A Receita Federal informou nesta terça-feira, 1.º de novembro, que o programa de regularização de ativos no exterior, também conhecido como repatriação de recursos, trouxe de volta à economia brasileira R$ 169,9 bilhões. Desse total, foram arrecadados R$ 50,9 bilhões, referentes ao Imposto de Renda (IR) e multa da formalização dos valores. O prazo para regularizar os ativos encerrou no dia 31 de outubro.
Um balanço divulgado pelo secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, revela que 25.114 contribuintes apresentaram a Declaração de Regularização Cambial e Tributária (Dercat). Ao todo, foram 25.011 pessoas físicas e 103 de pessoas jurídicas.
As pessoas físicas regularizaram R$ 163,875 bilhões em ativos no exterior, o que correspondeu a R$ 24,581 bilhões em IR e de R$ 24,580 bilhões de multa pela regularização. No caso das pessoas jurídicas, o montante regularizado em ativos soma R$ 6,064 bilhões, dos quais R$ 909,739 milhões são referentes ao Imposto de Renda e R$ 909,738 milhões referentes à multa.
VEJA ABAIXO A RELAÇÃO DOS VALORES QUE ALGUMAS CIDADES DA REGIÃO VÃO RECEBER
 Una: R$ 1.033.673,91
Itabuna: R$ 5.606.995,17; 
Ilhéus: R$ 5.606.995,17;  
Itapetinga: R$ 2.239.626,81;  
Itajuípe: 1.033.673,91
Arataca: R$ 689.115,94 
Canavieiras: R$ 1.378.231,88 
Itacaré: R$ 1.205.952,90 
Santa Luzia: R$ 861.394,93 
Camacan: R$ 1.378.231,88 
Buerarema: R$ 1.033.673,91
Veja a lista toda do estado. (click Aqui)

fonte:blogpaulojose

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

FACULDADE FAVENI: você ainda tem duvidas? consulte aqui


Prezados, com objetivo de sempre demostrar clareza, transparência e seriedade, nos representantes legais da FAVENI (FACULDADE VENDA NOVA DO IMIGRANTE), estamos enviado para o vosso respeitado meio de comunicação, imagens que podem comprovar o nosso credenciamento junto ao MEC (Ministério da Educação), Imagens do direto de Imagem da FAVENI e Imagens do Contrato que autoriza o funcionamento do polo no Município de Una – BA. Solicito por gentileza que publique afim de que todos os interessados possam ficar informados em relação a nossa instituição de ensino.
Qualquer dúvida, o interessado pode consultar o nosso credenciamento acessando o site do Ministério da Educação: http://emec.mec.gov.br/
Grato!
Att,
Diretoria
Faculdade Venda Nova do Imigrante - ES

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

ATENÇÃO COMUNIDADE UNENSE E REGIÃO


Faculdade FAVENI informa, nessa segunda – feira 24/10/16.
Serão abertas as matrículas para os Cursos Técnicos, os interessados deveram comparecer no Polo da Faculdade em Una, localizado no Prédio, em frete ao novo terminal Rodoviário de Una (Ao lado da casa de Robson do Fórum)
Das 14:00h até 17:00hr.
Munidos dos seguintes documentos: RG, CPF e Comprovante de Residência.
Taxa de Matrícula, valor padrão para todos os cursos: R$150,00 (à vista) ou R$170,00 (3x no cartão)
BONS MOTIVOS PARA FAZER UM CURSO TÉCNICO CONOSCO!
Aulas Presenciais 1 vez por semana
Profs. mestres e doutores
Material digital incluso
Ensino Multidirecional
Cadastro no SISTEC/MEC
Cursos autorizados e reconhecidos pelo SISTEC/MEC
Cursos Técnicos disponíveis:
  • Enfermagem,
  • Nutrição e Dietética,
  • Serviço de Restaurante e Bar,
  • Saúde Bucal (Auxiliar de Dentista),
  • Análises Clínicas,
  • Farmácia,
  • Meio Ambiente,
  • Segurança do Trabalho,
  • Transações Imobiliárias (Corretor),
  • Recursos Humanos,
  • Edificações,
  • Radiologia (Raio X ),
  • Mecânica,
  • Reabilitação de Dependentes Químicos,
  • Agronegócio,
  • Hospedagem,
  • Eventos,
  • Estética,
  • Guia de Turismo,
  • Imobilizações Ortopédicas,
  • Informática,
  • Logística.

Não Percam esta tão importante oportunidade...
Atenciosamente:
Diretoria da Faculdade Faveni
Informações:
Atendimento.faveniba@hotmail.com
(73)9-9840-8045 Prof. Heverton Cruz
(73)9-9921-9129 Enfermeiro Fábio (Filho de Pombo do requeijão)

Cultura e violência em nossa sociedade


"O homem nasce bom, mas a sociedade o Corrompe?"
Sei que neste momento está coluna de opinião chegará a varias pessoas que buscam o esclarecimento, a violência tornou-se objeto de interesse e discussão, precisamos nos corrigir e olha com carinho o caminhar de nossa sociedade.
Devemos buscar a melhor forma possível de manter e divulgar a importância de viver em uma sociedade saudável, fazendo com que nossos doentes não pereçam nas filas dos hospitais, que nossos estudantes não se tornem alienados a um pensamento errante que só trás o ódio diante das feridas não cicatrizadas e que nossos jovens não sejam assassinados.
A sociedade brasileira passa* por um momento meio conturbado, vivendo na zona urbana ou na zona rural em que a violência está em constante crescimento, diante das representações da violência diária, as famílias se sentem excluídas do sistema, sendo sufocada e ao mesmo tempo aprisionadas em suas casas devido a ausência do estado, seguindo aquela premissa em que a "polícia prende e a justiça solta", com isso temos uma nação fraquejada em combater a bestialidade humana.
“Não se tratava mais de considerá-los como efeito ou resultante, mas de explicar sua existência e suas transformações como peça de relações de poder. A questão do poder como capaz de explicar a produção de saberes”.
A violência tem ganhado dimensões extraordinárias e tem afetado todos os setores da sociedade, as politicas publicas não tem contribuído para amenizar a situação que amedronta todos os cidadãos brasileiros.
“a violência é inerente ao homem. A violência tem mobilidade, pode circular, pode estar delegada ao Estado ou retornar para o homem mas é destrutiva se contenta-se em submeter o homem, não em matá-lo.”
A conjuntura politica que foi instalada, foi seguida por diversos países da América latina que mantem o constante crescimento da violência, são vários fatores que fez com a brutalidade humana tenha ganhado destaque nas redes sociais, sites, blogs, tele jornais, entre outros.
“A crise social do mundo atual conjuga-se com uma crise moral, e vem acompanhada do desenvolvimento da violência e da criminalidade”.
Analisando o mapa da violência, podemos sintetizar a dimensão do crescimento da violência em todo o território nacional, existe* um paradoxo eminente entre o período militar e a redemocratização do Brasil.
O experimento subversivo criou um colapso na estrutura “cultural e social” do nosso país, não é atoa que permanecemos em uma decadência cultural regado com crise de identidade.
As políticas assistencialistas ainda são apreciadas por políticos que necessitam de um sufrágio, deixando assim o povo a mercê de um “conforto” imaginário, abstendo-se do exercício pleno de cidadania.
“A norma, está inscrita entre as “artes de julgar”, ela é um princípio de comparação. Sabemos que tem relação com o poder, mas sua relação não se dá pelo uso da força, e sim por meio de uma espécie de lógica que se poderia quase dizer que é invisível, insidiosa”.
O lixo cultural tem lucrado milhões com a apologia a violência, sexo, drogas, entre outros. É difícil encontra algum canal educativo em horário nobre, cada programa pode ser compreendido com atrações que levam aos seus idealizadores a satisfazerem as suas necessidades econômicas, levando a sociedade brasileira ao colapso.
Com a destruição da família criou-se uma desordem social, e esta sendo refletida em instabilidade na convivência entre os indivíduos. A "família" que é o pilar de uma sociedade passou a ser desvalorizada, criando um desequilíbrio incapaz de trazer harmonia. Quando se estabelece uma estrutura de valores no seio familiar institui uma referencia na formação das crianças e dos jovens.
Ao contrario, segue as famílias desestruturadas que foram se constituindo no decorrer de décadas em nossa sociedade, sem eficácia no desempenho da própria vida e também na convivência social.
Nesse contexto, é preciso resgatar o significado da moral, ética e valores vinculados à essência humana, criando assim características relacionadas à influência mútua entre as pessoas e a sua importância na sociedade em que vivem.
Diante dos fatos ocorridos, é sucinto compreender as similaridades e divergências nos enfoques expostos, incluindo o ponto de vista histórico e sociológico.
“Precisamos resolver nossos monstros secretos, nossas feridas clandestinas, nossa insanidade oculta. Não podemos nunca esquecer que os sonhos, a motivação, o desejo de ser livre nos ajudam a superar esses monstros, vencê-los e utilizá-los como servos da nossa inteligência. Não tenha medo da dor, tenha medo de não enfrentá-la, criticá-la, usá-la”.
Ao fazer uma leitura sobre vários fatos que ocorreram em nossa cidade, causa uma tristeza medonha. Digna de um conceito sinistro, a ausência de politicas publicas direcionada, só fez aumentar cada vez mais a criminalidade em nossa região.
Falta uma politica de enfrentamento do crime, o estado perdeu totalmente o controle da situação, a sensação de insegurança aumenta diante das altas taxas de impunidade que assola o nosso país.
Para os jovens, que vivem em uma localidade que é alvo de polêmica, tudo fica mais complicado, as vezes a sociedade os ignoram, tornando-se invisível ao estado e muitas vezes se sentem abandonados e depreciados por diversos setores da comunidade em que vivem.
A mentalidade de algumas pessoas continua incapaz de discernir a ideia de que cada pessoa tem que ser responsável pelos seus próprios atos, seguindo essa linha, devemos ter consciência ao difundir um sistema de ideias para que depois de um tempo não venha ocasionar prejuízos para nós mesmo.
Por fim, é preciso compreender que a harmonia entre as pessoas devem está em primeiro lugar, consistem em aprender a respeitar o diferente e manter o dialogo junto com a diversidade.
por Lauro Leandro

domingo, 16 de outubro de 2016

Prefeita Diane Rusciolleli implanta em parceria com s Associação Comunitária dos Feirantes a Feira do Agricultor semanal da Colônia de Una


Mesmo não tendo o reconhecimento do eleitorado unense que não aprovou sua reeleição a prefeita Diane Rusciolleli continua honrando seu mandato e buscando a melhoria da qualidade de vida da população acaba de implantar nesse sábado (15), através da sua Secretaria de Agricultura que tem como titular da pasta José Mauro Rodrigues, e Com o apoio do novo administrador da Colônia Edcarlos Sampaio (Mutuca), em parceria com a Associação Comunitária dos Feirantes e Ambulantes da Colônia de Una, a Feira Comunitária Semanal do Agricultor.
O empreendimento que vai beneficiar os micros empresários e pequenos agricultores de Colônia de Una, está funcionando no Galpão de eventos da localidade, bem no centro e acesso e transporte fácil para todos, com barracas padronizadas que foram adquiridas recentemente pela prefeita junto a CAR.
Segundo o Administrador da Colônia de Una Edcarlos Sampaio (Mutuca), a Feira do agricultor tá sendo um sucesso. Sobretudo porque, era uma luta da comunidade local de muitos anos, e que agora promete ser mais um fomentador da economia local, se o novo governo que assume a Prefeitura no início do ano que vem não fechar.
José Mauro disse que esse projeto que é do atual governo da prefeita Diane, só foi possível graças a uma administração séria e competente voltada para o desenvolvimento sustentável da agricultura unense, e a parceria dos pequenos agricultores que compraram a ideia e formaram a Associação.
O administrador Mutuca, disse que a Feira acontecerá sempre aos sábados, e que mais agricultores deverão aderir ao se filiando a associação agregando mais mercadorias que serão disponibilizadas para a comercialização na Feira.
fonte:informe50

terça-feira, 11 de outubro de 2016

UNA - Por qual motivo Diane não foi reeleita

"Entristece-me a demagogia dos desavisados e o silêncio dos hipócritas" Lauro Leandro 
Analisando algumas colunas de opinião, pessoas que se aventuram a dizer por qual o motivo a prefeita de Una não obteve sucesso nessa eleição. 

Na realidade tudo depende do entendimento, diante das diversas percepções, pelo que entendi alguns afirmaram de forma indireta que Diane fez um ótimo governo, só perdeu a eleição por que mexeu no salario dos funcionários, não deu o aumento aos professores, mexeu na gratuidade do ônibus universitário e economizou demais, é preciso relatar que os sindicatos tiveram influência de anteriores, fora isso o governo foi o melhor dos últimos anos.   

"Diane perdeu as eleições porque rompeu com vícios da corrupção unense, por que acabou com a farra da gasolina e dos restaurantes,  porque fez um mandato honesto".   

A afirmação do amigo Rubem Gama com certeza foi* um dos principais fatores que levaram a prefeita não obter a maioria nas urnas, principalmente quando ele exalta a honestidade da gestora, muitos romperam com a gestão por esse motivo, todos nós estamos ciente disso.

Sabemos que dificilmente um gestor honesto se reelege, ainda mais quando não utiliza a maquina publica municipal de forma eleitoreira em sua autopromoção politica. 

Dar-se* a entender que devido à crise, ninguém queria sentir o efeito devastador da austeridade nas contas publicas, ninguém queria sentir na carne, ninguém queria compartilhar as dividas do assistencialismo, só analisando o trecho da musica de Bezerra da Silva “Farinha pouca, meu pirão primeiro” vamos compreender melhor.

Precisamos frisar, que teve uma politica de difamação durante o governo de Diane, aqueles que ajudaram a “elegê-la”, também queriam ajudá-la a governar, só que ao modo deles, pouco sabemos o que realmente aconteceu nos bastidores do poder unense, compreendemos que politico nunca vai* conseguir agradar a todos, principalmente quando se tem pessoas que tiveram seus interesses completamente contrariados, sem falar daqueles com pretensões suspeitas e maliciosas, de certa forma faz parte da natureza humana. 

Vale salientar, que a própria história nos mostra que ninguém consegue governar sozinho, sempre tem que repartir o bolo, quando não obedece o sistema, a tendência é ser retirado do poder por meios democráticos ou por outros meios. 

No jogo da politica o "estrategista" melhor é quem ganha, isso é verídico, podemos afirmar que Diane não se reelegeu por que ela não foi politica, faltou o fechamento de acordos, faltou dialogar com interesses de terceiros, faltou oferecer um emprego aqui e outro emprego ali, faltou oferecer secretarias, diretorias, cargos comissionados, licitações, faltou estratégia e marketing político no decorrer da gestão, muitas vezes a derrota “ocorre ou não” no dia da eleição, também tem que ser analisado no momento em que é definido o público alvo, estratégia politica é um jogo de xadrez.

Existe uma frase muita usada no decorrer dos anos por reis, ditadores, imperadores e políticos que é o termo “dividir para conquistar”. Sendo que o objetivo principal é a utilização de meios tendenciosos, como, boatos e traições, distribuídas entre os seus concorrentes.  

A finalidade é fragmentar os adversários, criando uma vulnerabilidade diante dos ataques aos inimigos políticos, por sua vez a oposição soube fazer isso muito bem. São estratégias ensinadas por pensadores como Sun Tzu, Maquiavel, entre outros, quem compartilha toda a lição segue vitorioso em suas batalhas. 

Por Lauro Leandro




segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Vereadores devem apreciar veto da prefeita nas próximas horas.


Os vereadores deverão apreciar até a primeira sessão do mês de novembro, o veto da prefeita Diane Brito Rusciolelli que refugou os Projetos de Lei de n. 943 e 944. Eles aumentavam seus subsídios para R$ 7.500,00, e o do prefeito para R$ 19.656,00. O vice-prefeito passaria a receber R$ 9.828,00 e os secretários iriam receber R$ 6.000,00.
A prefeita fundamentou sua decisão no princípio da supremacia do interesse público e lamentou que não pode conceder o reajuste dos salários dos servidores e dos professores de acordo com a inflação, e portanto, não seria justo reajustar o vencimento dos agentes políticos. O município concedeu apenas 6% (seis por cento) o salário dos servidores.
Os vereadores tendem a derrubar o veto da prefeita, mas a sociedade civil organizada pode convencê-los a mudar de ideia, em face da seria crise financeira, econômica e política, vivenciada pela sociedade brasileira e pelas entidade federativas, em especial, as prefeituras de cidades pequenas que vivem basicamente do Fundo de Participação dos Municípios e da própria tributação. A folha de pagamento da prefeitura de Una, no mês de julho, ultrapassou R$ 2 milhões (veja aqui), enquanto a receita com FPM e ICMS foi de apenas R$ 1.822.611,46 (confira aqui).
A Câmara Municipal de Vereadores tem uma despesa mensal com gasto de pessoal na ordem de R$ 109.945,97 (confira aqui), mas recebe da sociedade, através de repasse do Poder Executivo, recurso na ordem de R$ 164.797.39 (veja aqui), ou seja, a presidência, independente do valor da folha, trabalha com uma margem de R$ 54.851,42 para custear as despesas da Casa Legislativa. O recurso que sobra em caixa deveria ser devolvido ao Tesouro Municipal.
fonte:unanamidia

'Dificilmente político honesto se reelege’, diz vereador

O vereador do município de São Miguel do Tapuio, Antonio Francisco Pereira da Silva, mais conhecido como Julieta, do PSB, em sessão na Câmara de Vereadores, surpreendeu ao dar declarações que repercutiram em sessões posteriores e nas redes sociais.
"Dificilmente um político honesto se reelege. Sabe por qual motivo? Porque fica sem dinheiro. Infelizmente, a política é feita da malandragem e da corrupção e uma grande parcela da nossa sociedade parece que gosta mesmo é de corrupção. Eu espero que isso possa trazer uma reflexão", disse o vereador.
No Brasil, de acordo com o vereador, uma pessoa vai presa por roubar um milhão e sai por fazer um acordo ou pagar R$ 500 mil.”Isso é o incentivo da corrupção e que infelizmente a constituição deixa brechas, para que as pessoas sejam condenadas, e que até pratiquem erros e com o dinheiro uma vez roubado, desviado, ele pague o seu processo e ganhe sua liberdade”,disse.
Vereador disse ainda que se sente envergonhado da atual classe política: "Eu quero dizer quando uma pessoa está envergonhada de exercer um cargo publico [político], ele renuncia".
Durante a sessão ordinária, outros vereadores chegaram a pensar que Antonio Francisco estava fazendo determinados comentários em uma espécie de 'provocação', mas ele explicou que não. Além disso, se explicou.
fonte:meionorte

Pós-Graduação FAVENI: PROMOÇÃO MÊS DOS PROFESSORES...


*Promoção válida para todo o mês de outubro ; Válida para TODOS os cursos da área da educação - incluindo os cursos clínicos; promoção válida para alunos com todo o tipo de formação.
INFORMAÇÕES:
(73)9-9921-9129 Fábio Fonseca (Enfermeiro)
(73)9-9986-1150 Adriano Monteiro
(73)9-9840-8045 Heverton
E-mail: atendimento.faveniba@hotmail.com

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

ATENÇÃO... NOVOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO DISPONÍVEIS


#ÁREAEDUCACIONAL
1. ADMINISTRAÇÃO EDUCACIONAL = ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR – 420H
2. COORDENAÇÃO ESCOLAR = GESTÃO ESCOLAR (420H)
#ÁREAEMPRESARIAL
1. MBA EM GESTÃO DA QUALIDADE – 720H
 2. PERÍCIA CONTÁBIL – 720H
3. AUDITORIA E PERÍCIA CONTÁBIL – 720H
4. AGRICULTURA ORGÂNICA – 720H 5. ECOTURISMO – 720H
6. MBA EM MARKETING ESPORTIVO - 720
#ÁREASAÚDE
1. PSICANÁLISE – 720H
2. ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM DOMICILIAR – 720H
3. ERGONOMIA – 720H
4. PEDAGOGIA HOSPITALAR – 720H
5. MUSCULAÇÃO E CONDICIONAMENTO FÍSICO – 720H
6. PERSONAL TRAINER OBSTÉTRICO – 720H
7. SEXUALIDADE E PSICOLOGIA – 720H
8. SEXUALIDADE HUMANA – 720H
9. PILATES - 720
10. ENFERMAGEM EM DERMATOLOGIA - 720
11. ENFERMAGEM EM ESTOMATERAPIA - 720
12. ENFERMAGEM EM GERIATRIA E GERONTOLOGIA – 720H
13. ENFERMAGEM EM GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA – 720H
14. ENFERMAGEM EM HOME CARE – 720H
15. ENFERMAGEM EM PEDIATRIA E NEONATOLOGIA – 720H
16. ENFERMAGEM EM PEDIATRIA E SAÚDE MENTAL – 720H
17. ENFERMAGEM EM UTI – 720H
18. ENFERMAGEM EM UTI NEONATAL E PEDIATRICA – 720H
19. ENFERMAGEM EM ONCOLOGIA – 720H
20. ENFERMAGEM EM ESTÉTICA – 720H
21. PSICOLOGIA INFANTIL – 720H
22. PSICOLOGIA SEXUAL – 720H
23. TRANSTORNOS ALIMENTARES, OBESIDADE E CIRURGIA BARIÁTRICA – 720H
24. INTOLERÂNCIA E ALERGIA ALIMENTAR INFANTIL E ADULTA – 720H
25. PSICOLOGIA COMPORTAMENTAL E COGNITIVA - 720H
#ÁREASERVIÇOSOCIAL
1.DIREITOS HUMANOS E QUESTÕES ETNICO-SOCIAIS – 720H
2.SERVIÇO SOCIAL E PREVIDÊNCIA – 720H
3.TERAPIA FAMILIAR – 720H
4.TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS E SOCIEDADES – 720H
5.VIOLÊNCIA DOMÉSTICA – 720H
6.CUIDADOS PALIATIVOS – 720H

Contato: atendimento.faveniba@hotmail.com 
Whats: (73)9-9840-8045 Heverton
(73)9-9921-9129 Fábio Fonseca Enfermeiro
(73)9-9986-1150 Adriano Monteiro

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Una - Bregadeira Fest


Prefeito de Ilhéus anuncia corte de gastos

Na manhã dessa quinta-feira (06), em entrevista ao Programa O Tabuleiro, o prefeito de Ilhéus Jabes Ribeiro anunciou que já ordenou corte de gastos em todas as áreas da prefeitura, a exemplo de contratos, horas extras e gratificações, com intuito de cumprir a lei de responsabilidade fiscal.
Segundo Jabes, independente de ter vencido ou perdido a eleição, ele teria que tomar essas medidas duras. Uma comissão foi criada sob o comando do secretário de administração Ricardo Machado, para preparar toda documentação para a transição de governo.
Há uma expectativa de enxugamento da máquina pública com a demissão de cargos comissionados e contratados.
A prefeitura de Ilhéus possui hoje 177 cargos comissionados, incluindo agentes políticos (secretários). Os números de contratados chegam 788, divididos nas áreas da saúde (132), educação (313), e Assistência Social (343).
fonte:agravo

Greve dos bancários pode acabar nesta quinta-feira

ctv-zig-greve bancos sergiocastro
Foto: Sergio Castro/Estadão

SÃO PAULO - Após 31 dias de paralisação, a greve dos bancários pode acabar nesta quinta-feira,6. Em reunião com a categoria na noite de ontem, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs aos trabalhadores um reajuste nominal de 8% nos salários e abono de R$ 3,5 mil.
Os empregados vão se reunir nesta quinta-feira, às 17 horas, em assembleia geral para avaliar a proposta e decidir os rumos do movimento. O Comando Nacional dos Bancários vai indicar aprovação da negociação e o fim da greve, segundo nota do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.
Além do reajuste e do abono, os bancos ofereceram reajuste de 10% no vale refeição e no auxílio creche-babá e 15% para o vale alimentação. Em 2017 haveria a correção integral no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado, com aumento real de 1% em todos os salários e demais verbas.
fonte:estadão

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Atenção... Una - BA, e região.

Chegou o que faltava, Escola Técnica Residência Educação, são mais de 20 cursos Técnicos ofertados (Autorizados pelo MEC), com o menor preço da região.
(O Polo ficará pronto até final de Outubro de 2016)











quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Lei de aumento dos hipersalários dos Vereadores pode ser vetada pelo Executivo.

As redes sociais e os sítios de notícias têm demonstrado a irresignação da sociedade brasileira com o descaso que as Câmaras de Vereadores do país inteiro vêm tendo com o erário público, especialmente, no que tange ao aumento de seus próprios salários. 
Com o desfecho, os projetos caem em mãos do prefeito, e alguns têm vetado as benditas leis dos farturentos salários. Muitos entes federativos não têm feito a reposição salarial dos servidores alegando falta de lastro financeiro para cobrir os aumentos nas despesas com pagamento de pessoal, e diversos gestores têm tido parecer pela rejeição das contas em face de extrapolar índice na folha por conta do aumento da despesa e queda da receita. 
Em Una, o município fez uma reposição salarial de apenas 6% (seis por cento) e o estado da Bahia não reajustou o salário dos servidores de acordo com a inflação de 11% (onze por cento), aproximadamente.
Na sessão do dia 20 deste mês havia na Casa Legislativa de Una dois projetos de interesses da sociedade. Um que possibilitava a suplementação de verbas do orçamento para cumprimento das obrigações por parte do município, inclusive a folha de pagamento. 
O outro, tratava do aumento do subsídio dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários. O edis unense preferiam aumentar seus salários de R$ 6.000,00 (seis mil reais) para R$ 7.590,00 (sete mil e quinhentos e noventa reais), o que representa um acréscimo de 26% (vinte e seis por cento), em detrimento da suplementação da verba para pagar o servidor.
Anuncia-se que o Projeto de Lei encontra-se em Poder da Chefa do Executivo e já veio promulgado pela Casa Legislativa. Cabe a prefeita Diane Rusciolelli vetar ou sancionar, o que alguns têm chamado da “Lei da Imoralidade Púbica”. 
O PL é nulo de pleno direito e é imoral. O primeiro, por não atender ao princípio da publicidade previsto na Carta Republicana, e, o segundo, por estuprar a sociedade brasileira e o município que passa por crise financeira drástica, que o coloca na contra mão do Princípio da Moralidade e da Supremacia do Interesse Público – a sociedade unense não aceita esta imoralidade! É o que se assiste nas redes sociais.
A bem da verdade, o aumento dos vereadores em nada contribuirá para a redução dos custos do município. O Executivo deve repassar todo dia 20, de cada mês, o percentual de 5% (cinco por cento) da receita corrente líquida corrente. Esse dinheiro que deveria retornar ao Tesouro Municipal, no caso de sobra, poderia servir a outras necessidades dos munícipes, a exemplo do transporte universitário gratuito, vem sendo utilizado em reiteradas reformas no prédio do Poder Legislativo, aquisições contínuas de materiais hidráulicos, elétricos e de construções. 
O dinheiro também tem sido subutilizado na aquisição de caríssimas carteiras de couro, compras de refeições e refrigerantes em restaurantes, locação de veículos, gastos demasiados de combustíveis, aquisição de tapetes caros e cortinas persianas, placas de alumínios e na contratação de servidores em cargos de confiança.
fonte:unanamidia

A politicagem opositora e a busca pela tão sonhada autonomia dos universitários


"O que o nosso povo quer, não é cesta básica, o nosso povo não quer ESMOLA, o nosso povo quer trabalho, o nosso povo tem dignidade! DIANE RUSCIOLELLI
Devemos lembrar da igualdade de oportunidades, desde criança que entramos na concorrência, quando entramos nas series iniciais até ensino médio, são logos anos de estudo, alguns se esforçam mais que outros, isso faz parte da natureza humana, devemos lembrar que as oportunidades devem ser construída por cada pessoa, cultural ou socialmente, a vida nos oferece diversos caminhos e cabe a cada pessoa escolher o caminho que almeja, considerem que temos o poder publico que facilita a conquista de cada individuo dentro da sociedade.
A meritocracia nada mais que é o desempenho e as competências individuais, quando vamos fazer uma prova de vestibular, enem ou concurso quem tem a maior chance de passar????
É satisfatório ver o jovem em buscar de conhecimento, para isso temos que lutar, lutar e lutar. Ao se deslocar de um município a outro com o único intuito de sentir o sabor de ter um diploma de curso superior, a universidade é a privilegiada alameda que nos levar a adquirir a tão sonhada autonomia.
Não devemos ser hipócrita, sabemos muito bem a diferença de “universitário” e “estudante universitário”, imagine um ou mais universitários(as) que levam aproximadamente 10 anos para concluir um curso de 4 ou 5 anos dependendo do turno?
Autonomia é um termo conhecido como a [capacidade de governar-se pelos próprios meios], “segundo a afirmação de Kant 1724-1804, capacidade da vontade humana de se autodeterminar segundo uma legislação moral por ela mesma estabelecida, livre de qualquer fator estranho ou exógeno com uma influência subjugante, tal como uma paixão ou uma inclinação afetiva incoercível”.
Seguindo essa linha de pensamento, podemos refletir sobre vontade de conquistar os próprios objetivos, dentro da capacidade humana de auto realizar-se de acordo com a conveniência subjetiva. Infelizmente vivemos em um município onde as pessoas não se encaixam no conhecimento critico e que custam a entender que o nosso município também sofria as mazelas da austeridade publica, com desempenho e conhecimento administrativo a gestora conseguiu superar esse* entrave.
Quando governamos uma cidade sem extraviar o erário publico, a tendência é fechar as contas todos os anos com seriedade e responsabilidade fiscal, isso quer dizer que um gestor não deve gastar mais do que arrecada. As ações desenvolvidas pelo nosso município diretamente ou indiretamente têm superado e contribuído nas diversas esferas sociais, culturais, étnicas e econômicas.
Ainda não é compreendida qual a finalidade de um grupo que no passado viviam na hostilidade da desmoralização pessoal e politica, e agora vivem em trocas de afeições pessoais proferindo falácias sem fundamentos e sem provas contundentes contra a gestora do município, parece mais um picadeiro.
por Lauro Leandro

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Una: Diane é destaque em debate com candidatos a prefeito

 
A candidata da coligação Pra Seguir em Frente, Diane Rusciolelli (PT), que disputa a prefeitura do município de Una, foi destaque no primeiro debate eleitoral transmitido ao vivo por uma emissora de rádio na história local. Ao lado dos outros quatro concorrentes, Diane respondeu, de forma firme, a questionamentos sobre gestão e finanças públicas, geração de emprego e renda e comentou temas como saúde, educação e valorização do servidor.
O debate, promovido pela Costa Sul FM, na cidade de Canavieiras, nesta segunda-feira (26), durou cerca de quatro horas, dividido em cinco blocos, onde os candidatos puderam responder a perguntas da produção, do público e dos adversários. A candidata Diane, que atualmente exerce o mandato de prefeita, destacou em suas falas os avanços da administração municipal.
“Trabalhamos em duas frentes para alavancar o emprego e a renda em Una. A primeira é o pagamento dos servidores em dia, que ajuda o comércio e mantém a dignidade do trabalhador. A segunda é atrair empresas, como a fábrica de motos Yasuna, a fábrica de toldos em Comandatuba e, com a instalação definitiva de nosso polo industrial, esse número deve crescer muito”, afirmou Diane.
Sobre saúde, Diane ressaltou o descaso em que encontrou postos de saúde e o Hospital Frei Silvério, praticamente fechado e com dívidas com contas de água e energia. “Hoje, o hospital é referência e já abrimos mais quatro unidades básicas, além de termos comprado ambulâncias novas e retomarmos a frota de veículos”.E
ducação foi outro tema dominado pela candidata, que reafirmou os compromissos com a ampliação das escolas em tempo integral, assim como já acontece no Outeiro, e das melhorias no transporte escolar, principalmente voltado ao estudante do ensino superior.
“Foi um debate muito importante. Creio que ajudou o eleitor unense a tirar todas as dúvidas sobre qual projeto oferece as melhores condições de fazer nossa cidade continuar mudando e poder sepultar de vez as velhas práticas dos grupos já conhecidos de nossa política”, avaliou a candidata Diane Rusciolelli.

fonte:agravo