quarta-feira, 22 de junho de 2016

Presidente em exercício Michel Temer determina a liberação de importação de feijão

Preço do feijão na mesa dos brasileiros subiu em função de questões climáticas.
Para baixar o preço do feijão nos supermercados, o governo federal tomou providências de liberação da importação do produto de países vizinhos do Mercosul: Argentina, Paraguai e Bolívia. O presidente em exercício Michel Temer fez a requisição ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi. Em entrevista ao Portal do Planalto, Maggi Disse que também está sendo estudada a possibilidade de trazer o produto do México, após a assinatura de um acordo sanitário, e da China.
O preço do principal produto na mesa dos brasileiros subiu em função de questões climáticas, que ocasionou a perda de praticamente todas a safra no Centro-Oeste, explicou o ministro. Isso ocasionou uma queda na oferta e um aumento na demanda, fazendo com que os preços subissem.
Outra medida que está sendo tomada, afirmou o ministro, é de negociar com grandes redes de supermercado para que busquem o produto onde há maior oferta.
“Pessoalmente tenho me envolvido nas negociações com os cerealistas, com os grandes supermercados, para que eles possam fugir do tradicional que se faz no Brasil, e ir diretamente à fonte onde tem esse produto e trazer. E à medida que o produto vai chegando no Brasil, nós temos certeza que o preço cederá à medida em que o mercado for abastecido”.
fonte:agravo

Programação do Arraiá da Colônia 2016


Programação do Arraiá da Colônia 2016 
23/06:
◆Buteco das Amigas
◆Cupim de Ferro
◆ Ariedson "O Príncipe do Arrocha"
24/06
◆Zé Costa - Sanfoneiro
◆ Xote atrevido
◆ Suingueira Vip
25/06
◆ Realce
◆ Maria Breteira
◆ Ariedson
Horário: A partir das 22h
★Apresentação da
Quadrilha Dinossauro.
★Feira Criativa com comidas e bebidas típicas.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Direito de protesto no Estado Democrático é válido

Por:Radialista e Bel em Direito Renê Sampaio - DRT 6319
A Carta Republica prevê as liberdades de manifestação de pensamento com regra, sendo vedado, porém, o anonimato. Mas, anexo a este princípio fundamental devem ser agregados outros princípios constitucionais que é o da liberdade de locomoção e o da liberdade de exercício profissional ou ofício de qualquer natureza.
Não é dado o direito ao cidadão brasileiro de manifestar sua indignação ocasionando prejuízos ao direito de locomoção ou do exercício profissional de seu compatriota. Certamente, neste conflito de princípios constitucionais, implementado pelos legisladores constituintes, o magistrado julgador deve primar pela permanência do direito de ir e vir e do exercício de profissional. Há no direito brasileiro, ferramentas penais e civis para cessar esses abusos de direito. Há habbeas corpus, na esfera penal, e ações possessórias, no ramo civilista, inclusive de forma preventiva, a exemplo, do interdito proibitório, que deve ser utilizado para não permitir as manifestações abusivas.
Não tem sido incomum que os meios midiáticos e comunicação tenham noticiados cotidianamente as interceptações por manifestantes de vias urbanas e rurais ou que eles tenham invadidos repartições públicas, sob argumentos de pseudo-reivindicatórios, sejam eles de qualquer natureza. No país, até a falta de quebra-molas é motivo de interdição de via pública por um dia. Isso é uma afronta aos princípios republicanos e fere a dignidade dos cidadãos que circulam no país, sejam eles brasileiros ou visitantes!
As manifestações são lícitas dentro de um Estado Democrático de Direito, desde que elas não violem outros princípios e respeite a integridade física e patrimonial das pessoas, sejam elas publicas ou privadas, jurídicas ou físicas. Ninguém pode impossibilitar que as repartições deixem de funcionar, por conta da manifestação ou irritação de uma parcela da sociedade, por vezes insufladas por interesses de políticos e/ou de partidários. É preciso respeitar as instituições e a cidadania do povo!
Una tem vivenciado algumas dessas praticas inconcebíveis na república nos últimos dias por um grupo de profissionais da educação e de servidores públicos que buscam direitos salariais junto ao governo município. Insuflados por pretensos candidatos aos cargos de vereador e prefeito, além dos dirigentes sindicais, alguns pais e alunos têm utilizado desses artifícios de bloquear repartições públicas e vias urbanas para tentar “jogar” a atual administração contra a opinião pública.
Se verdadeiramente os pais e alunos contassem com apoio da classe sindical ou de seus dirigentes, alguns destes não estariam “debaixo do sovaco” de ex-prefeitos que machucaram a educação, quando da sua gestão. Um dos ditos oferecia na merenda escolar biscoito “poca zói e kizuque” às crianças. Enquanto o outro não pagou o mês de dezembro/2012 e nem o 13.º dos servidores. Mas, alguns dirigentes do sindicato dos servidores estão com um, já o outro, conta com o apoio do presidente sindicato dos professores, inclusive filiou-se recentemente ao mesmo partido do ex-prefeito.
Ontem (16), por exemplo, fizeram questão de se manifestar com apoio de uma tribo indígena, do qual o cacique é pré-candidato a vereador no grupo do ex-prefeito Zé Pretinho. Todavia, eles se eximiram da responsabilidade e não apareceram diretamente e utilizaram seus meios de comunicações para insinuar que os índios invadiram a sede do paço municipal. Primeiro que não houve invasão, e, segundo, que o objetivo dos políticos insufladores do movimento é sair do fogo e do deslinde que pode ser dolorido para eles futuramente.
O homem é livre, tem o direito de indignação, e também de se revoltar contra o Estado, mas a lei impõe limites que devem ser respeitados e seguidos fielmente, tendo em vista que não há no direito pátrio um absolutismo. O direito é muito relativo, tendo em vista depender da ocasiões, momentos e circunstâncias. É preciso refletir se vale a pena o uso da força quando o argumento ainda está em curso!
fonte:unanamidia

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Bahiatursa abraça projeto da equipe de Diane


Dentre 517 municípios baiano, Una foi uma da 92 cidades contempladas pelo Governo do Estado, através da Bahiatursa, para a implementação do São João no interior. A festa acontecerá no distrito de Colônia de Una, nos dias 24 e 25 de junho. Outros gestores, por deixarem o município inadimplente, não possibilitavam a aprovação dos projetos, e alegavam que o governador não ajudava a festa.
O município de Una foi contemplado com o patrocínio da Secretaria de Turismo no valor de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais) para a realização dos festejos juninos. Já o município de Arataca recebeu 30.000,00 (trinta mil reais). Os dois municípios foram os únicos beneficiados na região do cacau, após participaram de uma seleção pública.
Segundo o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, “muitos municípios baianos se movimentam para os festejos, que ocorrem praticamente durante todo o mês de junho. O Governo do Estado, por meio da Bahiatursa, não poderia deixar de apoiar as cidades onde acontecem as manifestações mais tradicionais e espontâneas e contribuir, assim, para o aumento do fluxo turístico na Bahia”.
Muito feliz com a verba a prefeita Diane disse que o recurso é fruto de um investimento sólido e consciente de sua equipe no que tange a responsabilidade e equilibrio dos gastos públicos. A secretária Thais Gavazza, do Turismo e Meio Ambiente, é a pioneira na pasta a projetar eventos culturais e tornar o município de Una contemplado com recursos do estado. O maior exemplo foi o I Festival do Mangustein, que promete se repetir no mês de julho deste ano.
fonte:unanamidia

Os festejos juninos do municipio de Una vai ter apoio da Bahiatursa

A Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa) divulgou hoje (quinta, 16/6), no Diário Oficial, o resultado da Seleção de Projetos para os festejos de São João e São Pedro, parte integrante do projeto São João da Bahia e Demais Festas Juninas 2016. Foram contemplados 92 municípios, que que receberão apoio da Superintendência com base no Edital de Seleção Pública, devidamente publicado.
Segundo o superintendente Diogo Medrado, “muitos municípios baianos se movimentam para os festejos, que ocorrem praticamente durante todo o mês de junho. O Governo do Estado, por meio da Bahiatursa, não poderia deixar de apoiar as cidades onde acontecem as manifestações mais tradicionais e espontâneas e contribuir, assim, para o aumento do fluxo turístico na Bahia”.
A seguir, a relação das prefeituras contempladas:
Abaíra, Amargosa, Andaraí, Anguera, Antonio Gonçalves, Arataca, Baixa Grande, Banzaê, Barra, Barra Da Estiva, Barra Do Rocha, Bom Jesus Da Lapa, Brotas de Macaúbas, Cachoeira, Caculé, Cairu, Canápolis, Capim Grosso, Carinhanha, Catu, Condeúba, Contendas do Sincorá, Coração de Maria, Coribe, Cruz das Almas, Dias D’ávila, Dom Basílio, Dom Macedo Costa, Euclides da Cunha, Feira de Santana, Gandu, Guajeru, Guanambi, Heliópolis, Ibipitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Igaporã, Igrapiúna, Ipirá, Irajuba, Iraquara, Irecê, Itaberaba, Itaetê, Itagibá, Itanhém, Itaquara, Itatim, Itiruçu, Jaguaquara, Jaguarari, Jeremoabo, Jucuruçu, Lafaiete Coutinho, Lagedo do Tabocal, Lapão, Lençóis, Luis Eduardo Magalhães, Madre de Deus, Malhada, Maracás, Maragojipe, Mata de São João, Matina, Miguel Calmon, Mortugaba, Muniz Ferreira, Nova Fátima, Ouriçangas, Paulo Afonso, Pé de Serra, Piatã, Pindobaçu, Planaltino, Prado, Presidente Jânio Quadros, Presidente Tancredo Neves, Riachão do Jacuípe, Santo Antônio De Jesus, São Félix do Coribe, São Gabriel, Sapeaçu, Sátiro Dias, Saúde, Teixeira de Freias, Terra Nova, Tucano, Ubaíra, UNA, Utinga, Valente.
fonte:bahiatursa

Entenda: Campanha salarial - sindicato X prefeitura... 01










Câmara ainda não disponibilizou as contas de março


Contrariando a resolução 1.340/2016, do Tribunal de Contas dos Municípios - TCM, o Poder Legislativo Municipal não disponibilizou no sítio do tribunal os gastos e receitas relativas ao exercício financeiro do mês de março deste ano. A resolução prevê um prazo para a disponibilização dos processos. No descumprimento da norma, há previsão de aplicação de multa ao gestor infrator.
Segundo a resolução, as prefeituras e as mesas das câmaras municipais enviarão os documentos ao TCM, exclusivamente, por meio eletrônico, através do sistema e-TCM, em formato de arquivo “PDF” que faculte acesso a pesquisas e cópias (PDF Pesquisável), até o último dia do mês subsequente àquele a que se refere a prestação de contas mensal, ou seja, eles teriam até o dia 30 de abril. A Prefeitura Municipal de Una já disponibilizou as contas do mês de abril, deste o final do mês passado.
O blog Una Na Mídia manteve contato com o Diretor da Casa, Sr. Natan Mendes da Silva, tendo ele informado que o escritório de assessoria e contabilidade da Casa Legislativa tem ciência do fato e que eles informaram que o tribunal estendeu o prazo para a apresentação das contas para as Casas Legislativas.
Através da inovação do TCM o cidadão pode verificar os gastos públicos e arrecadação de tributos e convênios através do sitio do próprio tribunal, sem a necessidade de se dirigir à câmara no prazo previsto na Lei. Através das irregularidades, por ventura, encontradas, ele pode imprimir cópias dos processos e promover uma representação junto ao Ministério Público ou no próprio tribunal, para apuração, ou, até mesmo promover uma Ação Popular no Judiciário.
Os processos são vistos na íntegra, a exemplo de certidões do fornecedor, nota fiscal, número de empenho, recibo de transferência bancária ou cópia de cheque e a fonte pagadora do serviço ou do bem adquirido pelo ente público. Balanços, inventários e certificações também podem ser conferidas pelo cidadão que acessar o sítio do tribunal. Uma ferramenta importante para o exercício da cidadania.
fonte:unanamidia

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Una: Prefeita tem proposta para professores, sindicalista vereador quer aluno sem aula


 





Se depender dos dirigentes sindicais da APLB de Una, tão cedo os alunos não terão aula. São 49 dias nesta celeuma criada e sustentada pelo vereador professor Jorge.

Todos os esforços e medidas necessárias para a resolver a situação já foram tomadas pela prefeita Diane Rusciolelli. O êxito, porém, esbarra na falta de compromisso e de bom senso com a educação por parte daqueles que dirigem o sindicato da classe.
Por Rubem Gama

sábado, 11 de junho de 2016

lista de inelegível TCU 2016 - nome de Dejair e Zé pretinho não constam na tão esperada lista

Ficha_suja233(1) 


“Ninguém se entrega a qualquer atividade sem um preparo. Todavia, cada um acha-se bastante qualificado para o mais complexo de todos os negócios: GOVERNAR.” (Sócrates)
Uma coisa podemos ter absoluta certeza: a Lei Complementar 135/2010, tem como principal objetivo a limpeza na política brasileira. Porém, mesmo com a lei em vigência, a maioria da população não possui conhecimento ou não tem acesso à informações que lhes diga quais os candidatos que não têm condições moral para exercer o cargo público pretendido. Nesse sentido cabe aos meios de comunicação auxiliar o povo para que possa escolher seus candidatos com segurança. Pois, podemos dizer que a mídia, em geral, tornou-se, já há algum tempo, um importante meio de conscientização do povo. E a lei possibilita-se fazer uma “peneirada” em relação aos políticos que possuem ficha suja e assim dar condições a outros que ainda não tiveram oportunidade de mostrarem a sua capacidade de governar. O que nos constrange é que esse tipo de saneamento não deveria ter sido feito através de uma lei, ou seja, os próprios partidos políticos, as entidades de classe e outras agremiações já deveriam ter em seu quadro, mecanismo que inibisse a candidatura de pessoas não idôneas. Como isso não aconteceu e nem acontece, foi necessário o surgimento de uma lei e assim cabe a Justiça Eleitoral fazer a “peneirada” final. LEIA MAIS ABAIXO
No próximo ano, ou seja, em 2016, os brasileiros irão participar, mais uma vez, do real exercício da sua cidadania em um país democrático de direito, irão eleger em todas as cidades do país os seus representantes municipais: o prefeito e os vereadores. Muitos dos eleitores brasileiros ainda não conseguiram entender a dimensão da importância que tem o seu voto. Muitos usam o voto como barganha, permuta, já outros não valorizam o voto e não buscam conhecer os candidatos, não pesquisam a vida dessas pessoas e votam por simpatia ou por pedido de amigos. Alguns eleitores anulam seu voto por não mais acreditarem nas promessas dos políticos ou mesmo por julgarem que todos são iguais. Todo o período de eleição, o Tribunal Superior Eleitoral faz diversas propagandas no intuito de alertar e conscientizar o povo para a importância do voto. Agora, temos uma arma ainda mais eficaz que é a Lei de Ficha Limpa, mesmo tendo alguns políticos gananciosos e enganadores que tendem a colocar os seus advogados em ação e que buscam brechas na Lei para continuarem a enganar o povo. O povo precisa está atento aos falsos políticos, esses que já estiveram no poder e nada fizeram pela população, principalmente os prefeitos e os vereadores que pensaram mais em ficar rico do que em trabalhar em beneficio da coletividade.
O povo precisa entender que a Lei de Ficha Limpa existe para punir e banir do meio político, todo candidato que busca o interesse próprio, aqueles que fraudaram o patrimônio público, que cometeram atos dolosos de improbidade administrativa, os que promoveram a corrupção eleitoral, que compraram votos e outros crimes que estão presentes no texto da lei. Porém, é necessário que o próprio eleitor esteja atento, que o eleitor não caia mais no conto do vigário, que esteja preparado para rejeitar aqueles que já passaram pela prefeitura e nada fizeram em beneficio da população, aqueles que sabemos que está na mira da justiça, Os que só querem voltar para encher os bolsos com o dinheiro do povo. E estamos cansados desse tipo de gente. Não basta só a lei e um judiciário que aplique a lei, faz-se necessário que todo cidadão seja fiscalizador do candidato, que o cidadão conheça as reais intenção do candidato que quer o seu voto, que o cidadão vote naquele que realmente tem interesse em ajudar o povo e não possua interesses escusos, interesses particulares. Todo cidadão deve ter em mente que a ética e a moralidade no exercício dos cargos públicos devem ser as principais condições para o deferimento da elegibilidade de um candidato a prefeito de sua cidade. Os cidadãos de Itabuna e Ilhéus devem se precaver do mau político, dos que pagam pelo seu voto; depois que eles ganham, eles não têm mais nenhuma obrigação com você, pois o seu voto já foi comprado e agora ele pode tirar o dinheiro que pagou da prefeitura. E com isso ficamos sem saúde, sem escola, sem segurança, sem iluminação pública etc.
Por estas e outras razões, caros amigos e leitores da minha coluna, podemos dizer que a LC 135/10, é muito bem vinda ao ordenamento jurídico eleitoral brasileiro e queremos que a sua aplicabilidade seja adequada a cada caso e corretamente. Não podemos desperdiçar o nosso tempo questionando a aplicação da Lei baseando-se em dogmas ultrapassados e que não correspondem a nossa realidade política. Devemos, sim, valorizar a essência da LC 135/10, uma lei nova, uma nova conquista, que tem como finalidade defender a probidade e a moralidade administrativa. Que vai peneirar do nosso meio os políticos enganadores, os que se aproveitam do cargo para desviar os recursos que deveriam está sendo aplicado em benéfico da população, os que sempre voltam com novos discursos, porém, com as velhas práticas. Devemos observar o novo, os que tem serviços prestados na comunidade, os que nunca se sujaram com a política, os que ainda são novos em fazer política, os que, tendo oportunidade, farão a diferença.
Maria José Gonçalves (Tia Nen)
Psicóloga
texto extraido do site 

confira a lista do tcu 2016 click aqui
confira a lei da ficha limpa click aqui 

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Na Bahia, Una é o 21º na transparência do MPF.


O município de Una aparece com nota 7,8 no ranking da transparência promovido pelo Ministério Público Federal. A nota representa um acréscimo de 6,85%, em relação ao ano passado. Na pesquisa atual, o município figura abaixo de outros municípios sul baiano, a exemplo de: Itapitanga, Maraú, Ilhéus, Santa Cruz da Vitória, Porto Seguro e Ibirapitanga. A cidade de Itabuna é a 169ª colocada no grupo. Itapetinga e Gongogi tiveram nota 0 na avaliação. O período de avaliação foi de 09 a 20 de maio deste ano.
No Brasil a média geral dos municípios, ficou aquém da realidade republicana e alcançou a triste marca de 5,15, um acréscimo de 31,38%, em relação à de 2005.
As cidades de Canavieiras, Santa Luzia e Arataca, limítrofes do município de Una, aparecem, respectivamente, com as notas 01; 5,6 e 2,8. A pesquisa o Ministério Público Federal - MPF toma por base a alimentação dos sistemas que oferecem publicidade as receitas e despesas do município. O Sistema de Informação e Gestão Administrativa – SIGA, do Tribunal de Contas dos Municípios – TCM é importante ferramenta para a coleta de dados da pesquisa.
O munícipe que tiver interesse em pesquisar os processos de pagamento e as receitas da prefeitura e da Câmara pode acessar o SIGA do TCM por qualquer terminal de computador ligado a internet. A Prefeitura Municipal de Una já disponibilizou até o mês de abril, deste ano. Ao contrário do que determina a Lei, o Poder Legislativo ainda não alimentou as informações a partir de fevereiro (consulte aqui).
fonte:unanamidia

segunda-feira, 6 de junho de 2016

UNA: CONCESSÃO DE USO A ASSOCIAÇÃO DO RIBEIRÃO DAS VARAS






Atendendo ao pedido dos moradores do Ribeirão das varas, Foi assinado hoje (05/06) a concessão de uso das dependências do prédio escolar do distrito. O documento de comum acordo, foi assinado pela Prefeita Diane Rusciolelli e pelo Presidente da Associação o Sr. Juscelino Gomes dos Santos, perante os associados e Comitiva de governo.
A Prefeita abordou que o prédio estará a disposição da Associação, haja vista que os alunos que ali estudavam, foram remanejados para a Escola de período integral no Outeiro. O documento, explícita obrigações acerca do cuidado para com o prédio. Na oportunidade, a Prefeita disse que muitas tem sido as conquistas do governo e anunciou que conquistou junto ao Governo do Estado, um Trator para Arar a terra, atendendo assim as demandas dos produtores, e que, logo em breve, estará sendo entregue aos agricultores.
Moradores, agradeceram a Prefeita pela recuperação da estrada que liga o distrito a sede do município. Uma oração abriu e a palavra de Deus fechou o encontro.
Na comitiva, estiveram presentes, Secretários de Governo, assessores o Vereador Bico Fino e líderes de movimentos sociais.
fonte:ASCOM PMU. Erlon Santos./unanamidia

Sonho com a sociedade unense mais digna e menos corrompida

“Gostaria de uma sociedade mais justa, menos corrupta, com menos hipocrisia, mais digna, com mais amor ao próximo, menos preconceito, menos rancor e principalmente mais paz na alma.” (Albert Einstein)
Tornou-se habitual a vinculação de informações tendenciosas e pensamentos voltados ao pessimismo relacionado ao nosso município. As informações que condiz com a verdade os opositores tratam com irreverência, precisamos ter ciência que a politicagem esta em alta, o chamado vale tudo pelo poder e para o poder.
Os mais pobres são continuamente prejudicados, sempre são usados como massa de manobra e continuam se deixando influenciar por politiqueiro de plantão que só pensa em manusear a maquina municipal ao seu favor, com a única intensão de se promover politicamente as custa dos impostos pago pelo contribuinte.
As mazelas condicionadas por famílias que já obteve a oportunidade de administrar nossa terra estão tendo apoio de pessoas que outrora os prejudicaram, difícil é entender o que sucede a mente contaminada das pessoas que são antagônicos à honestidade na politica unense.
É de convir que existam políticos que pregam o retrocesso, esse artifício acaba se tornando muito insolente para a geração de emprego e renda, o grande interesse de tais políticos é fazer com que muitas famílias continuem a depender deles para pagar alguma conta, vícios que lhes garantes votos.
No entanto, sonho com a sociedade unense mais digna e menos corrompida, é um desafio tentar mostrar que precisamos ser um pouco mais benevolente com o nosso próximo, os políticos que se apoderam do erário publico e se envolver em ações ilícitas não são dignos de meu voto.
Por Lauro Leandro

Empresários e prefeita visitam área da futura Fábrica de Motos e falam sobre o empreendimento: Confira o vídeo e tire suas conclusões.
















No último dia 1º, os empresários da fábrica chinesa que está se instalando no município de Una/Ba (Sul do Estado), estiveram visitando em logo a área em que a fábrica será instalada.
Na oportunidade, tanto a prefeita Diane Rusciolleli, quanto os empresários chineses e os brasileiros que estiveram presentes falaram para os presentes e para a imprensa representada pela Rede Planeta de Comunicação respondendo algumas perguntas.
obs: vídeo indisponível no momento
fonte:informe50